Buscar
  • Isabelle Novelli

Cardiotoxicidade no tratamento oncológico




Primeira coisa, o que é cardiotoxicidade? É a toxicidade no coração que os tratamentos oncológicos possuem e que geram doenças cardiovasculares. Essa toxicidade pode ser imediata - durante o tratamento - o ou tardia, depois de alguns anos... ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Os tratamentos mais carditóxicos são aqueles com quimioterapias clássicas, como antraciclina, alcaloides da vinca, inibidores de tirosina quinase, algumas imunoterapias e radioterapia (especialmente na região do tórax) ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Infelizmente algumas vezes é usado uma combinação desses tratamentos e o efeito é aumentado. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ A boa notícia é que (claro) a nutrição tem um papel essencial em diminuir essa cardiotoxicidade!  ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O fundo dessa toxicidade é o excesso de estresse oxidativo nos miocitos (célula do coração) que danifica a mitocôndria da célula ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Existem várias evidências que compostos bioativas diminuem essa toxicidade. Os principais são:

🔸Resveratrol (uva, amendoim) ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🔸Coenzima Q10 (cereais, proteínas animais, brócolis) ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🔸Cúrcuma ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 🔸Quercitina (cebola roxa, maça) ⠀⠀⠀⠀ 🔸Compostos organosulfurados (alho e cebola) ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Alguns estudos mostram doses um pouco mais elevadas do que aquelas que conseguimos consumindo o alimento então pode ser interessante a suplementação. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Queremos um paciente saudável durante e após o tratamento, por isso fazer a prevenção contra cardiotoxicidade precisa estar na lista de prioridades do nutricionista! 


E como sempre o segredo está na alimentação saudável! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Referência: Ferrari et al. Current Drug Targets, 2011 12:1909-1924

23 visualizações